Características da cultura contemporânea e a Igreja

A Igreja hoje não está ajustada à nossa cultura. A cultura atual baseia-se na qualidade e no conforto. Tudo o que há hoje é muito agradável e “requintado”. Por exemplo, nos shoppings centers, encontramos muita gente, muita mercadoria, tudo limpo, cheiroso e confortável. Por isso, vamos aos shoppings passear. Isso é uma característica da cultura de hoje. Outro exemplo é o teatro e o cinema. Neles encontramos cadeiras confortáveis, aconchegantes. Isso faz parte da cultura moderna.

As pessoas gostam de ir a congressos onde há bastante gente e onde todos são muito bem atendidos, onde há qualidade e conforto. Isso traz uma sensação de força. É característica da nossa sociedade. Porém, a Igreja hoje não está tão ajustada para se adaptar a essa realidade. Muitas igrejas acreditam que não podem ter qualidade e conforto.

Hoje tudo é rápido: avião, computador, internet, contas bancárias eletrônicas, telefone celular. Não perder tempo é a lei. Tudo precisa ser muito eficiente. Reuniões são feitas por meio de videoconferências. As pessoas da reunião estão em Tóquio, Miami, Rio de Janeiro e Londres. Elas se veem nas telas. Estando cada uma num continente, comunicam-se e a reunião acontece. Outro exemplo é a conta bancária: do Brasil, você controla uma conta em Nova Iorque.

Em contrapartida, a Igreja é lenta. A Igreja não é rápida para batizar, para abrir grupos caseiros, para abrir novas igrejas. Ela é cheia de burocracia. Parece um órgão público, daqueles bem burocratizados. O tempo que os órgãos públicos gastam para solucionar os problemas é o tempo que os departamentos da igreja demoram para agilizar e resolver os problemas.

Um comentário em “Características da cultura contemporânea e a Igreja

  1. Muito bom o artigo, e realmente é a mais pura verdade, cultos interminaveis, burocracia eclesiasticas e conservadorismos muitas vezes fazem um desfavor ao crescimento da igreja.Porém em contrapartida temos algumas denominações que na angustia do crescimento fazem de cada membro um ministro, sem amadurecimento algum para a função, que culmina com discipulados medíocres e aconselhamentos desastrosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *