Confiança é um dos pilares para construir um time de sucesso

Alguns comportamentos são fundamentais para estimular e valorizar uma equipe 

Um dos fatores fundamentais para uma boa liderança é cultivar a manter a confiança da equipe. No meu novo livro: Crescimento das equipes, células e igrejas, abordo essa e outras questões para construir uma rota de sucesso e formar um time de águias.  Um livro que não é só para pessoas que formam equipes dentro das igrejas, mas administradores e empresários que lidam com pessoas.

Um dos tópicos no qual eu abordo é sobre a confiança, um dos fatores um dos fatores fundamentais para uma boa liderança. A confiança entre os membros de uma equipe nos traz certa insegurança, fazendo-nos questionar: “Como fazer para que as pessoas confiem mais umas nas outras?”. É certo que a disposição em confiar varia de uma pessoa para outra, mas podemos dizer que todas são propensas a isso, desde que reconheça no outro certos comportamentos que o qualificam como um indivíduo confiável. Trata-se, portanto, de valorizar e estimular a adoção desses comportamentos, que são:

• Competência: conjunto de habilidades, talentos e características que permitem à pessoa ter influência em determinado campo de atuação.

• Transparência: a atitude de dizer a verdade e colocar sinceramente as expectativas que se têm em relação ao outro.

• Cumprimento das metas: trata-se de realizar o que o prometeu ou se comprometeu em fazer.

• Consistência: é a característica da pessoa cujas atitudes estão alinhadas com um histórico de condutas passadas.

• Comprometimento: uma pessoa comprometida atua com autorresponsabilidade, seriedade e empenho em atingir os resultados esperados.

• Coerência: coerente é a pessoa que faz aquilo que prega e que considera bom para os outros e para si mesma.

• Cumplicidade: Trata-se de criar algo em comum com o outro, uma relação de parceria e lealdade na qual os objetivos e motivos estão implícitos. Tente imaginar uma equipe que trabalha com um líder que não tem a menor confiança no resultado do esforço de seus liderados. Por mais que eles se esforcem em demonstrar que são capazes de acertar e que estão dispostos a seguir as instruções que receberam, não conseguem a confiabilidade do seu líder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *