Deus não quer saber do seu tempo, Ele quer saber da sua resposta

“Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha. E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha. E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça, e disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo. E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos, e perguntou- lhes: Por que estais ociosos todo o dia? Disseram-lhe eles: Porque ninguém nos assalariou. Diz-lhes ele: Ide vós também para a vinha, e recebereis o que for justo. E, aproximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando pelos derradeiros, até aos primeiros. E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um. Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um. E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família,
Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia. Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro? Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti. Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom? Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”. (Mateus: 20)

Em uma breve análise vemos que isso não foi justo. Um começou a trabalhar às 7 da manhã ganhou um denário e o que começou a trabalhar às 19h ganhou a mesma coisa. Então, qualquer análise nesse texto vai dizer que não é justo. Quem trabalhou o dia todo merecia ganhar mais do que quem trabalhou apenas uma hora, mas percebemos ao mesmo tempo que o texto começa com uma expressão chave “O reino de Deus é assim”.

Talvez na análise dos homens ou na lei humana seria injusto, mas no Reino de Deus não funciona assim. Nesse texto recebemos muitas lições. Porque quem disse que quem trabalhou mais merecia receber mais do que aqueles que trabalharam apenas uma hora? Se o patrão pagou o mesmo para todos isso significa que ambos trabalharam iguais, embora tenham feito carga horária diferente e Jesus sempre trouxe um conceito para nós. “Eu vos escolhi para que vades e deis frutos”.

Então, o foco do texto não está nas horas trabalhadas, mas nos resultados que cada um deles produziu. Todos responderam no exato momento da sua oportunidade. Todos responderam quando foram chamados. E isso talvez aconteceu com você. Você recebeu a palavra, conheceu a igreja em poucos meses e agora se pergunta se talvez tivesse conhecido a igreja quando criança, jovem ou solteiro, mas nada disso importa. Apaga o tempo, porque Deus não quer saber do seu tempo, Deus quer saber da sua resposta.

Tem gente que acha que se tivesse se convertido há muito tempo, as coisas já teriam acontecido em suas vidas, mas o apóstolo Paulo, por exemplo, se converteu aos 38 anos de idade e virou o mundo de cabeça para baixo.

Ele não andou com Jesus fisicamente, ele não fazia parte dos discípulos, e quando ele recebeu aquela visão quando caiu do cavalo ele tinha 38 anos de idade. E naquela época ele já estava morrendo, porque a vida média daquela geração era de 40 a 45 anos. Ou seja, Paulo foi convertido já em idade avançada. Por isso, não importa o tempo, Deus vai te dar oportunidade não só para a sua conversão, mas Deus vai te dá oportunidades para todas as áreas da sua vida.

Pare de dizer a você mesmo que a vida está acabando, que as maiores oportunidades já passaram, ficaram para trás. Pare de glorificar o seu passado. Em provérbios nos diz: “Nunca diga que ontem é melhor do que hoje”. Ontem foi maravilhoso, hoje melhor  do que ontem e amanhã será muito melhor do que hoje. Pegue o seu passado e agradeça a Deus, aprendendo assim com os seus erros. Quando o universo demanda você é porque ele está debaixo de uma responsabilidade nova para você executar, porque isso foi encomendado por Deus. Não existe coincidência, existe propósito porque Deus não erra.

Pare de se amargurar com o universo, de reclamar. Esqueça tudo de ruim que te aconteceu, quando a vida lhe aparecer com oportunidades é porque Deus estendeu a mão e ordenou as forças da vida para requisitar você para um novo momento. Aceite e faça bem feito.

Um comentário em “Deus não quer saber do seu tempo, Ele quer saber da sua resposta

  1. Esse artigo foi uma resposta de Deus para mim, cada palavra foi importante para que eu mudasse minha mente mais um pouquinho. Que Deus te abençoe Bispo Robson!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *