Pai Nosso não é uma oração pontual, mas é um padrão de oração

A palavra cair independe da nossa vontade, porque quem cai, cai porque tropeça. Cai em algo que não viu, mas quem entra, entra com o sentimento próprio, por isso, a melhor tradução da oração do Pai Nosso é: “Não nos deixe entrar em tentação”,  porque entrar é um território que eu tenho que abrir uma porta, é um território que eu tenho que fazer um movimento naquela direção. Então, não entre no território do mal e nem da tentação.

E como é que Deus nos livra do mal? Essa foi uma oração de Jesus. Eles pediram a Jesus pra ensiná-los a orar e Jesus disse que ao orarem, deveriam fazer de acordo com um padrão completo e perfeito, desde uma visão plena, uma fonte que é o nosso Deus até o propósito final que é a glória do Senhor.

Então, a oração do Pai Nosso não é uma oração pontual, apenas, mas é um padrão de oração.  Não são frases soltas, mas conjugadas que repetem e reforçam o mesmo conceito e o mesmo princípio e no meio disso, Jesus se preocupa a nos ensinar a vencer o mal. A não entrar no território do mal, mas a vencê-lo.

Então, Ele nos ensina a orar, a pedir ao Senhor para nos livrar do mal e se Ele nos ensinou isso, quer dizer que estaríamos suscetíveis ao mal. O mal poderia ter acesso a nós, mas quando oramos: “Livra-nos do mal”, essa oração quebra qualquer possibilidade do mal tocar às nossas vidas. Por isso tenha em mente: Você está guardado pelo poder de Deus e mal algum poderá atingi-lo.

Mas o que precisamos fazer para nos livrarmos do mal? Como a Bíblia nos ensina para nos proteger do mal? Como fazer para que o mal não tenha acesso à nós? Lembre-se que no grego a palavra mal quer dizer tudo aquilo que causa sofrimento ou dor. É tudo aquilo que nos fere ou nos faz mal. Tudo aquilo que de alguma forma fere o nosso coração, que são armadilhas, desgostos, tragédias, feridas. Tudo aquilo que de alguma forma traz dor à sua vida. Mas esteja blindado pela graça de Deus, porque Ele é poderoso para te guardar em todas as áreas e o mal não ter acesso à sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *