Rodovalho comenta sobre a recente descoberta do lugar da multiplicação dos pães e peixes

Junto ao Mar da Galileia, também conhecido como Lago Tiberíades ou Kinneret, as ruínas de Betsaida voltaram a ver a luz. A cidade é bem conhecida dos católicos, pois os Evangelhos nos falam muitas vezes dela. Cidade essa de Pedro, Tiago e Natanel. Jesus pregou demoradamente na região e lá operou alguns de seus maiores e mais conhecidos milagres, como na Boda de Canaã, a pesca milagrosa, a multiplicação dos pães e peixes.

Tendo sabido Jesus que o rei Herodes Antipas mandara degolar São João Batista, seu primo e precursor, afastou-se para repousar na solidão, não longe do Mar da Galileia. Ali o milagre da multiplicação dos cinco pães e dos dois peixes. Recentemente, um grupo de arqueólogos encontraram provas como moedas, cerâmicas, que mostram que nas ruínas próximas ao mar de Genezaré, mar da Galileia, de fato ocorreu a multiplicação dos pães e peixes. Confira o que o Bispo Rodovalho falou a respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *