Três coisas derrubam um líder: orgulho, dinheiro e sexo

Geazi era discípulo de Eliseu e estava sendo treinado para ficar em seu lugar. Ele participou de grande parte da vida de Eliseu e presenciou seus sinais e milagres. Entretanto, julgou-se melhor que seu líder, correu atrás do dinheiro oferecido por Naamã e a lepra desse foi transmitida, apegou-se a ele. Geazi representa o discípulo que traspassa o limite de seu líder e atrai maldição para si.

Há três coisas que derrubam um líder: orgulho, dinheiro e sexo. O orgulho derrubou Lúcifer, o sexo derrubou Davi e o dinheiro derrubou Ananias e Safira, como também Geazi. Entretanto, existe uma quarta coisa que derrubou os maiores gigantes: a ira. A ira derrubou Moisés e derrubou Elias. A ira fez mais estragos na história profética do que as outras coisas. Ela não os tirou do céu, mas tirou-os de sua caminhada e projeto terreno.

Depois que Geazi caiu, Eliseu descobriu que estava trabalhando errado, que não tinha uma equipe, um grupo de discípulos. Foi então que ele entendeu que precisava criar uma nova geração de profetas e que, para isso, precisava de um novo lugar.

Líder, Deus quer fazer um renovo em sua vida e lhe dar um lugar amplo, uma nova estrutura para você formar sua equipe de águia, sua nova geração. Assim, não dependa apenas de um líder, apenas de um discípulo como Eliseu fez com Geazi. Você quer a unção de Deus para ser líder, para ser pastor, para ter uma equipe de ouro? Você está disposto a trabalhar para formar uma equipe de águias ou irá desistir no meio do processo? Terá paciência para esperar os primeiros frutos? Irá dormir, acordar e trabalhar até que esses frutos apareçam?

Lembre-se: a principal crise do ministério é justamente desistir, parar no meio desse processo. Portanto, forme a sua equipe e não se desespere, não desista, não pare, não desanime porque os frutos aparecerão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *